Meus Sermões

AUTORIDADE E SUBMISSÃO

Romanos 13.1

 

"Obedeçam às autoridades, todos vocês. Pois nenhuma autoridade existe sem a permissão de Deus, e as que existem foram colocadas nos seus lugares por ele".

 

Introdução

O texto menciona o assunto de minha palavra nesta manhã: "autoridade"; "obedeçam às autoridades", diz a Bíblia.

Isto implica em submissão... Submissão é você estar obediente, sujeito ou subordinado à alguém.

 

Mas submissão parece ter virado um nome feio... cheguei a me assustar ao consultar o Dicionário Michaelis, que para o verbete "submissão", traduz bem o sentido que essa palavra tem para a maioria das pessoas. Michaelis diz isto "submissão: Estado de rebaixamento servil".

 

Isto revela a necessidade que temos de uma conceituação adequada do que seja autoridade.

 

Trago quatro pontos desse assunto para considerarmos de maneira rápida:

 

...o primeiro é esse:

A Autoridade de Deus é a Base do Universo

Que Deus criou todas as coisas, nenhum de nós aqui tem qualquer dúvida ou questionamentos. Verdadeiramente Deus é o Criador...  "os mundos, pela palavra de Deus, foram criados" (Hb 11.3), diz a Bíblia.

Agora, como se dá o relacionamento de Deus com todos os seres, com todas as coisas, que Ele criou?

 

Esse relacionamento se dá na base da autoridade - a base do relacionamento de Deus, com o homem e com todas as coisas que Ele criou, é a Sua autoridade.

 

Sendo Deus o Criador de todas as coisas, então, Ele é Senhor sobre tudo! De cada detalhe do Universo, de tudo quanto existe, tudo está debaixo do poder e do controle de Deus. Amém?

 

Nós estamos no mundo de Deus, nós mesmos somos criaturas de Deus... logo, é legítimo que Ele seja o Senhor sobre tudo.

E justamente por isso, considerando que Deus é Senhor sobre tudo, irmãos, é que qualquer rebelião contra a autoridade dEle, não fica sem ser severamente tratada.

 

...olhemos para a História e consideremos a posição de Satanás:

Satanás Foi o Primeiro a Se Levantar Contra a Autoridade de Deus (esse é o segundo ponto)

Vamos ler uma instrutiva passagem bíblica, Ez 28.14-15: "Eu fiz de você um anjo protetor, com as asas abertas. Você vivia no meu santo monte e andava pelo meio de pedras brilhantes. 15 A sua conduta foi perfeita desde o dia em que foi criado, até que você começou a fazer o mal.

 

Deus criou os anjos e todos os seres celestiais. Deus também estabeleceu os anjos numa hierarquia: a Bíblia fala em anjos, arcanjos, querubins e serafins... há uma hierarquia entre os anjos; alguns são mais graduados que outros.

 

Lúcifer era querubim, "querubim ungido para proteger", coloca uma versão da Bíblia. Lúcifer era anjo da primeira hierarquia...

 

Mas, lemos na Bíblia, houve um momento em que Lúcifer, o querubim da guarda, rebelou-se contra Deus e quis agir na independência, ignorando a autoridade do Senhor.

Lúcifer chegou, inclusive, ao ponto de seduzir ao mesmo erro, um terço dos anjos... Lúcifer foi a primeira criatura a se levantar contra o Senhor.

 

Agora, as conseqüências do erro de Lúcifer, começaram a cair sobre ele imediatamente: Deus expulsou Lúcifer do céu, retirou toda a glória dele e, precipitou-o sobre a terra.

 

No livro do Apocalipse lemos que Deus tem reservado, para ele e seus seguidores, o lago de fogo eterno.

 

Satanás foi o primeiro a se levantar contra a autoridade de Deus... também foi o primeiro a experimentar a severidade de Deus.

 

...vamos ao terceiro ponto:

Deus Criou o Homem Para Submeter-se à Sua Autoridade

Ao criar o ser humano, Deus o fez para sujeitar-se. O imenso amor de Deus e inexplicável amor de Deus, estabeleceu um limite: Ele, o Senhor, não abriria mão de Sua autoridade!

 

O homem teria que obedecer a Deus, teria que submeter-se ao Seu senhorio. Se isso não ocorresse, apesar do Seu amor, Deus o condenaria à morte eterna.

 

Em Gn 2.17, lemos que Deus estabeleceu isto: "...Você pode comer as frutas de qualquer árvore do jardim, 17 menos da árvore que dá o conhecimento do bem e do mal. Não coma a fruta dessa árvore; pois, no dia em que você a comer, certamente morrerá."

 

Infelizmente, o homem não se submeteu e rebelou-se, e o resultado dessa queda está se cumprindo, desde Adão até hoje: os homens sem Cristo estão debaixo de condenação eterna.

 

...eis o quarto ponto:

A Cruz Reafirma a Autoridade de Deus

Muitos podem pensar que, ao rebaixar-se ao nível dos homens e morrer numa cruz a fim de dar uma segunda chance à humanidade, Deus estava abrindo mão do Seu senhorio.

 

Entretanto, ocorreu justamente o inverso. A obra da cruz dá perdão para o homem, mas não o isenta da obediência. Na Bíblia lemos que "Jesus morreu e ressuscitou para ser Senhor de vivos e de mortos" (Rm 14.9).

 

Ao oferecer-se na cruz, Jesus reconquistou a autoridade que o homem havia perdido para Satanás e lhe deu condições de gozar novamente desta autoridade, desde que estivesse sujeito ao seu Senhor.

 

Conclusão

* A Autoridade de Deus é a Base do Universo

* Satanás Foi o Primeiro a Se Levantar Contra a Autoridade de Deus

* Deus Criou o Homem Para Submeter-se à Sua Autoridade

* A Cruz Reafirma a Autoridade de Deus

 

Pr Walter Pacheco da Silveira