Ilustrações Ilustrações M

Murmuração

 

Quando faltou água potável na região de Mara, eis que o povo de Israel que vira as maravilhas do Senhor no Egito, murmura contra Moisés, o representante de Deus, dizendo: "Que havemos de beber?" Depois murmurou no deserto de Sin, quando houve falta de alimentos e Deus mandou maná e codornizes, porém, o povo murmurou tanto que Deus impediu que os que possuíssem mais de vinte anos entrassem na terra de Canaã, com exceção de Calebe e Josué. A murmuração contra Deus é um desrespeito.

 

Salomão, o terceiro rei de Israel, afirma que o murmurador separa os maiores amigos. Qual é o maior amigo que temos? Deus. A murmuração tem separado muitas pessoas de Deus.

 

A verdade é que a grama não é mais verde no lado de lá da cerca... A grama é mais verde onde você a regar!

 

Watson escreveu: "Nossa murmuração é música para o diabo". Ver o que diz Fp 2.14. (Roberto do Amaral Silva, em O Jornal Batista, pg 7 - 16 a 22/07/2001).

 

O bispo de Hipona alertou aos romanos, no período da queda do Império, que seria inútil ficar lastimando: "os tempos são maus, os tempos são maus". Algo deveria ser feito: "Nós fazemos os tempos", dizia ele. E completava: "Sede bons e os tempos serão bons". (Carlos Cesar P. Novaes, em O Jornal Batista, pg 12 - 23 a 29/07/2001).

 

Há pessoas que vivem de murmuração: Seria tão diferente... se os sonhos de que a gente gosta não terminassem tão de repente. ...se os bons momentos da vida durassem eternamente. ...se as pessoas de quem a gente gosta gostassem um pouco da gente. ...se, quando a gente chorasse, fosse só de contente. ...se as pessoas que a gente ama sentissem o que a gente sente.

 

"Não chores pelas coisas terem terminado. Sorria porque elas existiram". - Luiz E. Boudakian

 

A boneca Emília, do Sítio do Pica-Pau-Amarelo, é murmuradora como só ela. Outro dia o Davi assistia ao programa, quando a boneca pensava em voz alta. Dizia ela: "Quanto mais penso na natureza, mais defeito encontro." Isso me deixou curioso e fui prá sala acompanhar a cena. E logo Emília apresentou um exemplo. Ela mencionou:" a vaca, por exemplo: por que a vaca tem dois chifres na frente e nenhum atrás?" Segundo a boneca de pano, os inimigos geralmente atacam por trás e não pela frente. Então os chifres deveriam ser atrás.

 

Uma canção da cantora Cristina Mel diz do "crente gelatina", um tipo que é mole demais. Hehehe!!

 

Sabe os cactos? Sabem onde ele vive? Conhece seus espinhos? Mas já viu a sua flor? Se vivesse ele a reclamar o solo em que está, a olhar seus espinhos e se queixar de sua forma, sua pobre beleza e fraca atuação, não perceberia no solo a pouca água que lhe permite a vida, e não produziria o que de mais belo existe: a sua flor.Ela é mais bela porque é produzida na adversidade, apesar de... - Fonte: Olga Rocha dos Santos

 

Os últimos serão os primeiros...a reclamar!!!

 

Isso me faz lembrar a história de uma senhora que partiu de uma estação de trem com uma sacola contendo sementes. E aos poucos, no trajeto de sua viagem, ela jogava um pouquinho em cada ponto. Intrigado um jovem resolveu perguntar por que ela ficava jogando algo no chão durante a viagem. E ela gentilmente respondeu: "olha meu jovem, eu tenho que fazer esse trajeto duas vezes por ano. E eu sempre achei a paisagem desse lugar muito feia, sem vida, seca, sem brilho algum. Então resolvi comprar um punhado de sementes, e aproveito minha viagem para semear sementes de flores ao invés de ficar reclamando da feiúra do lugar. Você está vendo aquelas violetas? Plantei-as no ano passado. E aquelas roseiras? Elas foram semeadas há dois anos...

 

Um empresário estava dizendo: "Outro dia recebi uma pessoa com excelente currículo que queria um emprego. Eu estava disposto a empregá-lo. Na entrevista ele começou a falar mal de todos os seus ex-patrões, de seus ex-colegas, das empresa em que trabalhou. Imediatamente desisti de contratá-lo".

 

Algumas pessoas reclamam porque Deus coloca espinhos nas rosas, enquanto outras louvam a Deus por colocar rosas entre os espinhos.

 

Em vez de se queixar sobre os espinhos nas rosas, seja grato pelas rosas entre os espinhos.

 

Certa vez um pastor sonhou que estava puxando um carro por um longo caminho e estava levando-o com relativa facilidade. No decorrer do caminho, porém, ele notou que o carro estava ficando cada vez mais pesado e era quase impossível puxá-lo. Quando ele olhou para trás, viu que todos os membros da igreja estavam dentro do carro, e, o que é pior, estavam reclamando que o pastor estava puxando o carro muito devagar. Moral: Às vezes, os membros da igreja deixam todos os problemas nas mãos do pastor, e ainda reclamam que as decisões demoram a sair.

 

Choveu praticamente uma semana inteira no final de ano em 2002. Contemplando a chuva mansa que estava caindo, o Senhor me disse: "Esta cidade reclama muito de chuva. Esse é um povo murmurador".

 

Certo marido procurou aconselhamento matrimonial e disse ao pastor que queria o divórcio. O pastor o fez lembrar-se de que havia prometido diante de Deus receber a esposa na alegria ou na dor. O homem disse: "Sim, mas ela dói bem mais do que eu imaginava".

 

Todas as vezes que você se queixa você passa a viver aquém do seu potencial. - Renato Vargens

 

Nem os meus botões agüentam mais ouvir as minhas queixas. - Luiz Pimentel

 

Tem gente que no almoço de domingo, após o culto na igreja, vai para casa e na hora do almoço, junto com o bife, mastiga o pastor... mexericos, maledicências, comentários azedos, prejudicam a refeição.

 

Conta-se que um rei que viveu num país além-mar, há muito tempo, era muito sábio e não poupava esforços para ensinar bons hábitos a seu povo. Freqüentemente fazia coisas que pareciam estranhas e inúteis; mas tudo que fazia era para ensinar o povo a ser trabalhador e cauteloso. “Nada de bom pode vir a uma nação” – dizia ele – “cujo povo reclama e espera que outros resolvam seus problemas. Deus dá as coisas boas da vida a quem lida com os problemas por conta própria”. Uma noite, enquanto todos dormiam, ele pôs uma enorme pedra na estrada que passava pelo palácio. Depois foi se esconder atrás de uma cerca, e esperou para ver o que aconteceria. Primeiro veio um fazendeiro com uma carroça carregada de sementes que levava para a moagem na usina. “Quem já viu tamanho descuido?” Disse ele contrariado, enquanto desviava sua carroça e contornava a pedra. “Por que esses preguiçosos não mandam retirar essa pedra da estrada?” E continuou reclamando da inutilidade dos outros, mas sem ao menos tocar, ele próprio, na pedra. Logo depois, um jovem soldado veio cantando pela estrada. A longa pluma de seu quepe ondulava na brisa, e uma espada reluzente pendia da sua cintura. Ele pensava na maravilhosa coragem que mostraria na guerra e não viu a pedra, mas tropeçou nela e se estatelou no chão poeirento. Ergueu-se, sacudiu a poeira da roupa, pegou a espada e enfureceu-se com os preguiçosos que insensatamente haviam largado aquela pedra imensa na estrada. Então, ele também se afastou sem pensar uma única vez que ele próprio poderia retirar a pedra. E assim correu o dia... Todos que por ali passavam reclamavam e resmungavam por causa da pedra no meio da estrada, mas ninguém a tocava. Finalmente, ao cair da noite, a filha do moleiro por lá passou. Era muito trabalhadora e estava cansada, pois desde cedo andava ocupada no moinho, mas disse a si mesma: “Já está escurecendo, alguém pode tropeçar nesta pedra e se ferir gravemente. Vou tirá-la do caminho”. E tentou arrastar dali a pedra. Era muito pesada, mas a moça empurrou, e empurrou, e puxou, e inclinou, até que conseguiu retirá-la do lugar. Para sua surpresa, encontrou uma caixa debaixo da pedra. Ergueu-a. Era pesada, pois estava cheia de alguma coisa. Havia na tampa os seguintes dizeres: “Esta caixa pertence a quem retirar a pedra”. Ela a abriu e descobriu que estava cheia de ouro. O rei então apareceu e disse com carinho: “Minha filha, com freqüência encontramos obstáculos e fardos no caminho. Podemos reclamar em alto e bom som enquanto nos desviamos deles, se assim preferimos, ou podemos erguê-los e descobrir o que eles significam. A decepção, normalmente, é o preço da preguiça”. Então, o sábio rei montou em seu cavalo e, com um delicado boa noite, retirou-se. - Autor Desconhecido

 

Choramingar o leite derramado não restabelece o brilho ao fogão manchado.

 

Tome a decisão de, pela graça de Deus, mudar da "Rua dos Resmungões" para a "Avenida das Ações de Graças". Aconselhava um cristão.

 

Algumas pessoas parecem atravessar a vida grudadas no balcão das reclamações.

 

"Nossos clientes nunca voltaram para reclamar." - Outdoor de uma casa de serviços funerários. 

 

O sujeito chega em casa e leva uma violenta panelada na cabeça. - Você ficou louca? - ele pergunta à esposa. - Fiquei louca de raiva! - grita ela - Eu fui lavar o seu paletó e olha só o que eu encontrei: um fio de cabelo loiro!!! Posso saber o que significa isso? - Que coisa feia, hein Berenice? Fazem dez anos que você não usa o cabelo oxigenado e nesse tempo todo não lavou meu paletó! - Fonte: boletim@humortadela.com.br

 

Um aleijado foi conduzido até um ônibus lotado em seu horário de maior movimento quando circulava pela cidade em um dia quente de verão. Um dos passageiros, que viajava sentado, levantou-se e cedeu seu lugar para ele. Um outro passageiro, observando o gesto do homem que deu a cadeira para o aleijado, começou a murmurar: "Eu continuo aqui, cansado, em pé por quase uma hora!" Ouvindo a reclamação daquele passageiro, o homem que caminhava com muletas, respondeu: "Você deveria estar muito feliz por poder se manter em pé." Muitas vezes sentimo-nos tentados a reclamar, mas é nessa hora que devemos pensar em tudo de bom que tem acontecido conosco e que, certamente, é bem mais do que as coisas ruins. - Paulo Roberto Barbosa.

 

Quando você diz:
Não posso resolver...“ Deus diz: “EU dirijo os teus passos“(Proverbios, 3:5-6)
Quando você diz: “É impossível...“ Deus diz: “Tudo é possível“(Lucas 18:27)
Quando você diz: “Me sinto só...“ Deus diz: Não Te deixarei,nem Te desamparei“(Hebreus 13:5)
Quando você diz: “Eu não posso fazer...“ Deus diz: “Tudo podes“(Filipenses 4:13)
Quando você diz: “Não mereço perdão...“ Deus diz: “Eu Te perdôo“(1o. João 1:9, Romanos 8:1)
Quando você diz: “Tenho medo...“ Deus diz: “Não Temas, EU estou contigo“(Isaias 41:10)
Quando você diz: “Estou muito cansado...“ Deus diz: “EU te farei descansar“(Mateus 11:28-30)
Quando você diz: “Ninguém me Ama de Verdade... “Deus diz: “EU TE AMO“(João 3:16 - João 13:34).

 

"Lamentar aquilo que não temos é desperdiçar aquilo que já possuímos!" - 12/1/07

 

Quem chega no fundo do poço precisa lembrar que o fundo é o melhor lugar do poço para se tomar impulso. Eduardo Marinho. 21/2/07

 

Muito nervoso, o cliente grita: - Garçom, essa sopa está com gosto de inseticida! O garçom responde, inconformado: - Cliente nunca fica satisfeito! Se tem mosca, reclama. Quando a gente toma uma providência, reclama também! 27/3/07

 

É o caso daquela história: Eu chorava por não ter sapatos até que um dia encontrei um homem que não tinha pés. 27/12/2007

 

A vida é dura pra quem é mole. 27/12/2007

 

Um ajudante de sapateiro trabalhava para um patrão muito paciente; não fosse isto, ele teria sido despedido por incapacidade. Cada manhã ele iniciava o trabalho com blasfêmias, praguejando e maldizendo a sorte de ter que tra­balhar para ganhar o pão, em mister tão pesado. Jogava, em todas as dire­ções contra as paredes, os sapatos que ia fazendo. Um dia, aceitou Cristo, e sua mente e coração começaram a refletir a mente daquele que foi também operário e que abençoou com sua dignidade o ofício de carpinteiro. O ajudante de sapateiro começou a descobrir novos inte­resses em seu trabalho diurno. Agora, o trabalho era uma alegria e uma bên­ção. Quando chegava o domingo, ele descansava com alegria, tomando em consideração o mandamento do Senhor. Sua aparência e sua atividade eram agora diferentes. Ao invés de praguejar, despendia seu tempo em meditação e louvor a Deus, nosso Pai. Afonso Romano Filho (Brasil). 14.2.2008

 

Em 1961, a esposa do grande pensador cristão C.S.Lewis (1898-1963) morreu de câncer. Deus que fora tão íntimo e sustentador, agora parecia tê-lo abandonado. Lewis estava frustrado e zangado. Chamou Deus de "sádico cósmlco" e duvidou de tudo em que dEle já havia crido. Então, certa manhã, Lewis acordou e constatou que toda a tristeza e dúvida haviam passado. No meio de sua dor e confusão, ele aprendeu uma uma lição: "Você não pode ver direito se seus olhos estão marejados de lágrimas". 21.2.2008

 

Quando alguém é muito paciente, o povo costuma dizer que esta pessoa tem uma "paciência de Jó", pois acha-se que Jó foi de uma paciência sem tamanho em sua vida. Entretanto, a Bíblia não diz exatamente isto. Ele sofreu, e queixou-se por isso. Jó lamenta sobre seu sofrimento, sua dor e começa a amaldiçoar o dia em que havia nascido. Ainda assim, ele não reclamou de Deus. Ele caiu em depressão, não vendo mais nada em sua vida do que sua dor. 21.2.2008

 

Certo garoto reclamava muito porque não tinha um par de sapatos. Um dia deparou-se com outro que não tinha os dois pés. 18.3.2008

 

Recentemente percebi que muitos crentes são guerreiros de domingo e chorões de segunda-feira. Eles têm uma boa conversa no domingo — na igreja com seus amigos —, mas na segunda-feira, quan­do é hora de "caminhar e falar" e não há ninguém por perto para impressionar, eles desfalecem ao mais leve teste. Se você é um chorão e um queixoso, obtenha uma nova men­talidade que diz: Tudo posso naquele que me fortalece (Filipenses 4.13). 31.3.2008

 

Conta-se a história de um homem que caminhava junto com um anjo. O homem reclamava de seus vizinhos. "Eu nunca vi um grupo tão desprezível de pessoas", disse ele, "como os desse lugar. Elas são más, egoístas, avarentas e indiferentes às necessidades do próximo. E o pior é que estão sempre falando mal uns dos outros". "É realmente assim?" perguntou o anjo. "Sim, é", respondeu o homem. "Veja a pessoa que está vindo em nossa direção. Eu conheço seu rosto mas não me lembro de seu nome. Veja seus pequenos olhos cruéis, como os do tubarão, lançando setas para aqui e para lá, e a severidade de sua boca! É um bajulador, vive se esquivando, andando às ocultas em vez de caminhar às claras". "Você é muito esperto em notar tudo isso", disse o anjo, "mas há algo que você não percebeu: o que está à nossa frente é um espelho". É incrível a nossa capacidade de descobrir os erros dos outros! Uns falam demais, outros são ignorantes, há os mesquinhos e orgulhosos, os que exageram na soberba e não percebem os valores dos que estão ao redor. Sim, vemos tudo isso com detalhes, mas não percebemos o quanto tudo isso é uma imagem de nós mesmos. 7/27/2008

 

Uma enfermeira estava mostrando o quarto a uma paciente. "Nós queremos que você se sinta muito bem enquanto estiver aqui. Se houver alguma coisa que você deseje e não exista aqui, por favor, comunique-me e eu lhe mostrarei como viver muito bem sem ela". Muitas vezes deixamos a amargura e a infelicidade tomar conta de nossas vidas simplesmente porque não conseguimos realizar um determinado sonho ou adquirir algo que tanto desejávamos. Se tão somente olhássemos para o alto e contemplássemos o que Deus tem para nós, veríamos que podemos ser muito felizes mesmo sem aquilo. 31.7.2008

 

Alguém em Evansburg, uma aldeia a oeste de Edmonton, tomou a liberdade de fazer um acréscimo nas placas que indicam os limites da cidade. A placa agora mostra: "Bem-vindo a Evansburg, uma aldeia próspera, com ar limpo e água fresca, e pessoas amigas. População -- 600 -- 29 cachorros -- 41gatos -- 1 resmungão".  Comentários do editor do jornal local: "Embora todos os 600 possam se sentir incriminados, provavelmente apenas a pessoa que escreveu nas placas sabe a identidade do resmungão". Infelizmente, na maioria dos lugares onde existe um grupo de pessoas reunidas, existe um resmungão -- uma pessoa que reclama constantemente, que só consegue ver o lado sombrio das coisas. Nas igrejas, também, existem resmungões. Todos nós devíamos fazer a pergunta: "Senhor, sou eu?" Há pessoas que nunca estão satisfeitas com nada. Reclamam do calor, do tempo chuvoso, do aglomerado de pessoas, dos ambientes desertos, das pessoas que sempre estão sorrindo, daqueles que fecham o semblante e nunca mostram bom-humor, dos que falam alto, de alguns que falam sussurrando -- enfim, nada lhes agrada. Sempre estão procurando pretexto para reclamar e se sentem frustrados quando não encontram motivos para isso. Seu hobby preferido é descobrir os defeitos dos outros e enchem-se de prazer quando alcançam êxito em seus propósitos. JUlgam-se vitoriosos mas, na verdade, são pessoas tristes e vazias. Quão felizes são aqueles que aprendem a glorificar a Deus pelas circunstâncias, que conseguem perceber o lado positivo dos acontecimentos, que reconhecem que todas as coisas cooperam para o seu bem e que Deus está controlando tudo. Se você costuma resmungar de tudo e de todos, peça a Deus para modificar seu modo de ser e que de sua boca saiam apenas palavras de bênçãos e de vida eterna. 10/24/2008

 

Jeremy Taylor era um clérigo inglês do século XVII que foi severamente perseguido pela sua fé. Mas apesar da sua casa ter sido pilhada, a sua família ter ficado sem nada, e a sua propriedade ter sido confiscada, ele continuou a contar as bênçãos que ele não pôde perder. Ele escreveu: "Eles não levaram o meu semblante alegre, o meu espírito animado, ou a boa consciência; ainda me deixaram com a providência de Deus, e todas as Suas promessas... as minhas esperanças do Céu, e também a minha caridade para com eles; e ainda posso dormir e digerir, comer e beber, ler e meditar. E aquele que possui tantos motivos de alegria, nunca deve escolher sentar-se no seu pequeno punhado de espinhos." Embora possamos não ser afligidos com dificuldades tão dolorosas quanto as que Jeremy Taylor suportou, todos nós enfrentamos provações e dificuldades. Lamentamo-nos? Ou recusamos permitir que o nosso "pequeno punhado de espinhos," as nossas dificuldades, obscureça a abundância impressionante das nossas bênçãos? Quando tivermos vontade de reclamar, lembremo-nos da fidelidade de Deus e "Demos graças ao Senhor! Clamemos o Seu nome; façamos conhecidas as obras d'Ele entre os povos!...Lembrai-vos das maravilhas que fez" (Sl 105:1,5). - Vernon Grounds 10/25/2008

 

Jeremy Taylor foi um clérigo britânico, do século 17, severamente perseguido por causa da sua fé. Mas embora sua casa tenha sido saqueada, sua família empobrecida e a sua propriedade confiscada, ele continuou a contar as bênçãos que não podia perder. Ele escreveu: "Eles não me tiraram o meu semblante feliz, meu espírito alegre e uma boa consciência; ainda me deixaram com a provisão de Deus e todas as suas promessas… minhas esperanças do Céu e também meu carinho por eles e eu ainda durmo e tenho digestão, como e bebo, leio e medito. E aquele que tem tão grandes motivos de alegria, nunca deveria sentar-se sobre sua pequena mão cheia de espinhos". Embora talvez não estejamos sendo afligidos com as dolorosas dificuldades que Jeremy Taylor suportou, todos nós enfrentamos provações e problemas. Estamos nos queixando? Ou nos recusamos a deixar que nossa "pequena mão cheia de espinhos" ou problemas obscureçam a abundância esmagadora das nossas bênçãos? Quando estamos prestes a reclamar, lembremos da fidelidade de Deus e "dêem graças ao SENHOR, proclamem o seu nome; divulguem os seus feitos entre as nações… Lembrem-se das maravilhas que ele fez" (Salmo 105:1,5). 29.10.2008

 

Durante a minha primeira semana no Instituto Bíblico, recebemos orientações durante vários dias e nos foi dado um livro de normas para estudar. Algum tempo depois, durante uma reunião para discutir aquelas normas, um aluno se levantou e perguntou o que significava "queixume" e por que aquilo era contra as normas. Ele estava se referindo a uma afirmação do livro que ele não havia entendido. Lá estava escrito que os alunos não deveriam "resmungar, reclamar de tudo". Uma norma contra a reclamação é perfeitamente compreensível, o câncer de um espírito queixoso pode minar a saúde espiritual e emocional de um indivíduo, e pode contagiar todo um grupo. O resultado é todo o descontentamento, frustração e até rebelião. Moisés ouviu reclamações entre o povo de Deus apenas três dias depois de guiá-los da escravidão para a liberdade (Êxodo 15:24). Alguns séculos mais tarde foi Samuel quem sentiu o peso das queixas de sua geração, enquanto atuava como representante de Deus (1 Samuel 8:4-9) Uma atitude de constantes reclamações também pode destruir a eficácia de uma Igreja. Paulo escreveu à Igreja de Filipos: "Façam tudo sem queixas nem discussões" (Filipenses 2:14). Precisamos evitar um espírito reclamante quando servimos a Cristo; devemos nos regozijar e agradecer a Deus por tudo o que Ele já fez! Não permita queixas. 12/4/2008

 

Nos anos 60 foi criado um personagem que retratava pessimismo lamuriento – a hiena Hardy, que a todo instante repetia seu tedioso “Oh céus! Oh vida! Oh azar! Isso não vai dar certo!” Nada lhe contentava, nem mesmo o repique incansável do leão Lippy: “Anime-se, Hardy”.  É exatamente como a hiena Hardy que muitos seres humanos são confundidos. 9.12.2008

 

O sujeito chega do trabalho, senta na sua poltrona favorita, liga a TV, e grita para a mulher: - "Rápido, me traga uma coisa pra beber antes que comece". A mulher não entendeu muito, mas pegou e levou para ele. Quando ele terminou, ele disse: - "Rápido, me traga mais, já está quase começando!" Ela ficou mais confusa ainda, mas trouxe novamente algo pra ele beber. O homem terminou o segundo copo e disse: - "Vai, rápido, me traga mais um, vai começar a qualquer momento!" E a mulher, dessa vez, revoltada: - "Ah, chega! Que isso... você está aí todo folgado, chega e nem me fala oi, não desgruda daí e acha que vou ficar trazendo coisa pra você beber igual uma escrava? Você não percebe que eu trabalhei o dia inteiro, lavei, passei, limpei a casa, cozinhei, e ainda fiz compras?" Aí o marido: - "Pronto... começou!" 3.4.2009