Ilustrações  Ilustrações C

Coração

 

Um homem havia pintado um lindo quadro. No dia de apresentá-lo ao público, convidou todo mundo para vê-lo. Compareceram as autoridades do local, fotógrafos, jornalistas, e muita gente, pois o pintor era muito famoso e um grande artista. Chegado o momento, tirou-se o pano que velava o quadro. Houve caloroso aplauso. Era uma impressionante figura de Jesus batendo suavemente à porta de uma casa. O Cristo parecia vivo. Com o ouvido junto à porta, Ele parecia querer ouvir se lá dentro alguém respondia. Houve discursos e elogios. Todos admiravam aquela obra de arte. Um observador curioso, porém, achou uma falha no quadro: A porta não tinha fechadura. E foi perguntar ao artista: - "Sua porta não tem fechadura! Como se fará para abri-la?" - "É assim mesmo" - respondeu o pintor - "Esta é a porta do coração humano. - Só se abre do lado de dentro".

 

"É no coração do homem que reside o princípio e o fim de todas as coisas". (Tolstoi)

 

O coração da mulher bate mais rápido – em média 80 batidas por minuto. Para o homem a média é de 72 batidas por minuto.

 

"Que o meu coração seja quebrantado pelas coisas que quebrantam o coração de Deus.” Bob Pierce.

 

Um crente orou assim: “Senhor, dá-me um coração de fogo para o Teu serviço; um coração de amor para com o meu próximo, e um coração de ferro para comigo mesmo”.

 

O profeta Jeremias escreveu sobre o coração pelo menos 66 vezes na sua profecia. Em 17.9 ele escreveu da condição do coração humano e em 29.23, através de suas palavras, é Deus quem anuncia o que é requerido do coração dos homens. Ver mais em Jr 17.9; 29.13.

 

Segundo o costume judaico, quando uma moça estava prestes a casar-se, deveria adquirir um vaso de alabastro cheio de perfume. Se levasse o vaso de alabastro cheio de perfume, ela seria bem sucedida na casa de seu marido. Mas se levasse apenas um pequeno vaso, com pequena porção do perfume, a recepção não seria tão calorosa. Por isso, o vaso de alabastro cheio de perfume significava muito para a moça desejosa de casar-se. Maria tinha preparado esse vaso havia muito tempo: ano após ano viera ela economizando aqui e ali, para adquiri-lo. Todavia, quando ela se encontrou com Cristo, seu coração abriu-se em adoração ao Senhor. Ela O amava tanto que quando Jesus foi a Betânia, ela trouxe seu tesouro mais precioso, o vaso de alabastro cheio de perfume. Removendo a tampa, ela derramou o ungüento sobre a cabeça do Senhor e em Seus pés, enxugando-os com seus cabelos. Muitas pessoas vão à Igreja pelo caminho do ritualismo e pensam ter cultuado a Deus. Mas Deus não aceita esse tipo de culto. Deus quer seu tesouro, seu coração; Deus quer você inteirinho, inclusive seu vaso de alabastro cheio de perfume. (Mateus 26.6-13). 

 

Quando Pompeu, o grande general romano, tomou Jerusalém no ano 63 A.C., fez questão de visitar o templo, de cuja fama já tinha muito ouvido. Entrando no recinto fez questão de passar além do véu e penetrar no Santo dos Santos, para escândalo e consternação dos judeus que o seguiam. Pompeu esperava encontrar, oculta pelo véu, a imagem do Deus dos judeus, o Deus a quem ele atribuía a extraordinária resistência daquele povo através dos séculos a tantas guerras e derrotas. Mas nada encontrou no Santo dos Santos. Acostumado a ver os deuses dos povos representados por imagens dos mais variados tamanhos e aparência, Pompeu ficou maravilhado. Não podia entender um povo que não tinha uma imagem sequer e que tinha encontrado no coração humano o santuário mais digno para seu Deus. 

 

Uma pessoa muito cheia de angústia lamentou-se dizendo: "O nosso coração é como uma folha de papel: depois de amassada não volta a ser o que era antes...". É justamente por isso que o Pai nos dá um novo coração, um coração regenerado!

 

Oculta em seu sótão, do terror nazista, a pequena judia Anne Frank ainda pôde escrever em seu diário: "A despeito de tudo, ainda creio que as pessoas têm bom coração". (Fonte: Nathaniel M. Brandão Jr., em O Jornal Batista, pg 5 - 15 a 21/07/2002).

 

Um coração puro deixa ver Deus em todo o lugar.

 

O coração tem razões que a razão não conhece. - Pascal.

 

Não é preciso ser médico para dizer que: Endurecimento do coração é mais grave do que o endurecimento das artérias.

 

Cuidado com o coração hostil. Esse foi o aviso do Dr. Redford Williams da Universidade de Duke - Centro de Pesquisa Comportamental Clínica. Ele diz alguns anos que demonstrar uma personalidade hostil pode matar - com muita freqüência pelas doenças de coração mas também por lesões e acidentes. A ira acelera o ritmo cardíaco, aumenta a pressão arterial, e perturba as artérias coronárias. Alguns indicadores de um coração hostil são a impaciência com as demoras, falta de confiança nos companheiros de trabalho, irritabilidade com os hábitos de familiares ou amigos, e uma necessidade persistente de ter a última palavra nas discussões ou de se vingar quando é contrariado. - Fonte: www.gospelcom.net

 

R.A. Torrey, conta que falando certa vez, após o culto uma senhora veio e lhe disse: “Há três anos estou procurando a Cristo sem poder achá-Lo”. Torrey, respondeu de imediato: “Eu posso dizer-lhe quando O podereis achar”. A mulher olhou-o surpreendida. Então Torrey abriu sua Bíblia neste texto (Jr 29.13) e leu para aquela mulher. Após um momento de hesitação, ela respondeu: “Não, senhor, eu ainda não fiz isso”. Daí por diante ela procurou fazê-lo e em pouco tempo se estava regozijando em Cristo.

 

Uma canção no coração coloca um sorriso no rosto.

 

Relata-se que John Wesley, em certa ocasião, passava por uma estrada quando avistou um homem, de joelhos, junto à margem, quebrando pedras. "Ah, disse o famoso pregador, como desejaria quebrar os corações daqueles que me ouvem com a mesma facilidade com que essas pedras são quebradas." O homem, levantando a cabeça, respondeu: "O senhor já tentou quebrá-los em seus joelhos?" 

 

Alguém atentou para o quadro de Holman Hunt "Cristo Batendo Na Porta" e criticou-o por não ter esta puxador por fora. Hunt respondeu que a pintura desse modo intencionalmente, e acrescentou: Tem puxador por dentro". De feito, Cristo não violenta a porta do coração de ninguém. Tu, espontaneamente, vais abri-la por dentro.

 

O grande filósofo Kierkegaard disse que a pureza de coração vêm àqueles que "querem uma coisa". Queria dizer com isso que a pureza de coração é uma qualidade achada somente naqueles que amam a Deus supremamente e cujas lealdades não são divididas. A pureza de coração será realizada em nós somente quando amarmos ao Senhor nosso Deus de todo coração, toda alma e todo nosso ser. O coração dividido nunca pode ser puro.

 

"O essencial é invisível para os olhos, só se vê bem com o coração". Esta é uma conhecida frase do livro infantil "O Pequeno Príncipe", que sempre nos leva a uma reflexão.

 

Quando o grande missionário David Livingstone morreu, os africanos retiraram o coração do peito dele para enterrá-lo na África. O corpo foi enterrado na Inglaterra, mas o coração foi deixado na África, entre o povo a quem tanto amava. Onde está seu coração?

 

A Revista Seleções Reader´s Digest trouxe um pequeno artigo chamado “Afaste a tristeza do coração”, notificando que cerca de 40% dos que sobrevivem a um ataque do coração entram em depressão logo após o incidente, o que aumenta a probabilidade de outro ataque ou até a morte. 30/11/06

 

Gióia Jr tem um poema no qual diz que o nosso coração tem um trono e uma cruz. Quando estamos na cruz, o Senhor Jesus está no trono. Mas se quisermos sentar no trono, o Senhor é quem irá para a cruz. 23/12/06

 

Abra o seu coração para Deus. Não tenha medo em mexer na maçaneta. Somente você poderá fazê-lo! 11/1/07

 

"Um coração vazio pesa mais do que um cheio" 12/1/07

 

"Tem pessoas que não têm coração. Têm um pedra no lugar do coração. Não tem como arrancar amor de uma criatura dessas", disse a mãe de João Hélio, o garoto de seis anos morto após ser arrastado em um carro por assaltantes no Rio de Janeiro. Folha Online. 12/2/07

 

Um mestre oriental viu um escorpião que se afogava, decidiu tirá-lo da água, mas quando fez, o escorpião lhe picou. Como reação à dor, o mestre soltou-o e o animal caiu na água e, de Novo, estava se afogando. O mestre tentou tirá-lo outra vez, novamente o escorpião o picou. Alguém que tinha observado tudo, aproximou-se do mestre e disse: Perdão, mas você é muito teimoso! Não entende que, cada vez que tentar tirá-lo da água, ele o picará? O mestre respondeu: - A natureza do escorpião é picar e isso não muda a minha natureza, que é ajudar. Então, com a ajuda de um ramo, o mestre retirou o escorpião da água e salvou-lhe a vida. Não mude a sua natureza se alguém lhe magoar. Apenas tome as devidas precauções. 14/2/07

 

Durante uma visita a um setor de máquinas de uma indústria, alguém se deteve olhando um homem que trabalhava com um maçarico cuja chama era de alta intensidade sobre imensas placas de aço. Havia ocasiões, entretanto, que a chama não parecia surtir efeito sobre as placas. Quando isso acontecia, uma substância química era aplicada sobre o remendo resistente, e imediatamente o corte podia ser retomado. O trabalhador explicou que embora a chama fosse capaz de cortar uma chapa de oito polegadas de espessura, se encontrasse a mais leve membrana de ferrugem na superfície, não conseguiria penetrá-la. Eu creio que isso retrata fielmente o cristão. O Espírito Santo está buscando trabalhar em nossas vidas de maneira perfeita para a glória de Deus. Quando nossa vida é pura, Ele consegue trabalhar bem em nós e o nome do Senhor é glorificado em cada uma de nossas atitudes. 14/2/07

 
Na escola, o professor pergunta ao aluno: - O que se deve fazer quando alguém está sentindo dores no coração? - Apagar a luz! - Apagar a luz? Você ficou maluco? - Ora, professor, o senhor nunca ouviu dizer que o que os olhos não vêem o coração não sente? 26/2/07
 
É importante saber para onde vai sua gordura. Gordura abdominal é fator de risco para a síndrome metabólica, que, por sua vez, aumenta o risco de problemas cardíacos. Faça abdominais e mantenha sua cintura com menos de 100 cm se você for homem e menos de 85 cm se você for mulher. Dicas para um coração saudável, em Seleções Out/2005. 9.1.2008
 
Uma tradução desse texto mais próxima do literal seria: "então decidiu Daniel em seu coração ... ". O substantivo coração (em hebraico leb ou lebab) no presente verso é muito significativo e merece alguns comentários, para que seja enquadrado em seu verdadeiro campo de compreensão que é a forma hebraica de conceber o homem. Para o pensamento hebraico, coração é a palavra mais importante para a compreensão do homem no Antigo Testamento. Sua gama de significações é particularmente ampla, abrangendo a área do físico, do emocional, do intelectual e das funções da vontade; mas o que deve ficar claro aqui é que a Bíblia vê no coração do homem antes de tudo o centro do homem que vive de modo cônscio. Daniel, portanto, decide de forma consciente e corajosa ser diferente! Não se dobra aos apelos e às imposições do mundo de sua época. Palavra & Vida Out-Dez 2006. 10.1.2008
 
O irmão sofria do coração! Este irmão havia ganho R$500.000,00 em um determinado concurso e nem lembrava mais. O aviso foi motivo de alegria e tristeza para a família, que não sabia como avisá-lo sobre a bênção, pois acreditava que o comunicado seria um tiro de fatalidade. Então prepararam o pastor para que, com muito jeito, desse a notícia. O pastor aceitou ao ponto de levar o irmão num lugar muito apropriado para deixá-lo relaxado e não se abalar com a boa notícia. O pastor perguntou o que o irmão faria se ganhasse coisa aí de uns R$500.000,00. Para surpresa do pastor o irmão disse que caso isso viesse a acontecer daria uns R$ 50.000,00 ao pastor como ato de agradecimento. No outro dia enterraram o pastor. Mas como pastor sofre! 29.1.2008
 

Diferem os conceitos de Deus e os do homem. "O Senhor não vê como vê o homem; o homem vê o exterior, porém o Senhor o coração" (1 Sm 16.7). Num grande banquete, certa noite, apareceram dois vultos fantasiados para entreter os hóspedes. Tinham o tamanho de meninos. Um vestia-se como uma senhora, o outro imitava um cavalheiro, e ambos estavam mascarados. Enquanto apresentavam suas partes, os hóspedes aplaudiam, comentando seu preparo e talento. Então aconteceu algo estranho: um dos mascarados precipi­tou-se para um objeto que caíra ao chão. O outro atirou-se também para o mesmo objeto. Na luta que se seguiu, arrancaram-se as máscaras e revelou-se a identidade dos dois. Eram dois macacos. "O homem vê o exterior", e com isso às vezes fica tristemente desapontado. O olhar penetrante de nosso Deus atravessa o verniz exterior e vai até aos secretos recessos do coração humano. Para o nosso Pai celestial o que conta é o interior, O coração é a verdadeira medida do homem. E o manancial de seu caráter. A aparência exterior, não importa quão atraente, é de pouco valor, comparada ao coração. A uma senhora crente e muito formosa, perguntou-se qual o segredo de sua formosura. "Adorno meus lábios com a verdade", respondeu ela; "para a voz, uso a oração. Meus olhos são ungidos com o colírio da pureza. Uso cari­dade para as mãos, amor para o coração e retidão para o meu corpo." 11.2.2008

 

Vinha sob seu cuidado um certo preso, excepcionalmente astuto e bruto. Era até repugnante em comparação com os outros prisioneiros. Tornara-se conhecido pela sua audácia e pela completa insensibilidade quando cometia atos de violência. Era chamado "o rei dos criminosos". Diversas vezes o capelão tinha-lhe aconselhado, mas não recebia dele resposta alguma. O homem era intolerante quanto a qualquer instrução. Fi­nalmente, pediu um certo livro, mas como não o achasse na biblioteca, o ca­pelão indicou a Bíblia que pertencia ao quarto deste homem, perguntando: "Já leu este livro?" O criminoso não respondeu, somente olhou o pregador com maior ódio. Então o capelão repetiu a pergunta, assegurando-lhe que va­lia a pena ler a Palavra de Deus. "Se o senhor soubesse quem sou", disse o prisioneiro, "não me faria tal pergunta. Que tenho eu com tal livro?" Disse­-lhe então o capelão: "Conheço muito bem a sua fama e o seu caráter, e é esta a razão por que lhe ofereço a Bíblia como o livro que o ajudará". "Não me va­lerá coisa alguma", insistiu o preso, "já não tenho mais sentimento"; e fe­chando a mão, deu um murro na porta de ferro, gritando ao mesmo tempo: "Meu coração é tão duro como este ferro; nenhuma coisa neste livro me poderá tocar". "Bem", disse o capelão, "o senhor quer um coração novo. Já leu o pacto da graça?" A isto o teimoso indagou do que queria ele dizer com tal fala. "Escute estas palavras", disse o capelão: "...e vos darei um coração novo e porei dentro de vós um espírito novo..." (Ezequiel 36.26). O homem ficou muito admirado. Pediu que lhe mostrasse a passagem na Bíblia. Leu as palavras repetidas vezes, e quando o capelão voltou no dia se­guinte a fera estava mansa. "Meu senhor", disse ele, "nunca sonhei com uma tal promessa! Nunca tive a menor idéia de que Deus pudesse falar de tal ma­neira com homens. Se Ele me conceder um coração novo, será um milagre, porque somente a esperança de uma natureza nova me trará a emoção que nunca senti na vida." Este homem aceitou Jesus, e tornou-se manso, obediente à autoridade e de espírito gentil igual ao de uma criança. 14.2.2008

 

"Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida" (Pv 4.23). As fontes e os poços do Oriente eram preciosidades tratadas com cuida­do especial. Tapava-se cuidadosamente com uma pedra a boca de uma nas­cente, de maneira que a expressão "uma nascente fechada" ou "uma fonte selada" tornou-se característica para tudo que era guardado com mais cuida­do. Assim é o coração; ele é a fonte de onde procedem todas as nascentes da vida, como nos diz o sábio. O coração e o intelecto são a fonte da vida. Se esta fonte for venenosa, a melhor parte da vida estará perdida. E o Livro que nos manda guardar o cora­ção é a Carta Magna de um Pai bondoso e amável. Deus nos quer bem. Ele é o nosso melhor Amigo. Mas como havemos de guardar o coração? Alguém disse que não podemos evitar que os pássaros voem sobre nos­sas cabeças, mas podemos impedir que façam ninhos sobre elas; assim não pode-mos evitar que os pensamentos e desejos maus entrem em nossos cora­ções, mas podemos impedir que permaneçam nele. Expulsemo-los todos, sem demora, e enchamos o coração de coisas boas, para que ele se torne uma fon­te preciosa. 14.2.2008

 

Há, em Londres, as ruínas de uma certa igreja gaulesa, que consistem de um magnífico frontispício com símbolos da fé cristã. Sobre o arco central está uma Bíblia e uma harpa, e sobre as outras duas portas laterais, pombas. Não há nada no interior do templo, porque este foi totalmente destruído. Ervas daninhas, pó e cinzas é tudo que restou ali. Não importa o que temos por fora, se não tivermos nada no interior. Os outros, mesmo os não-cristãos, podem enxergar através da casca de nossa vida. Precisamos de mais do que um bonito frontispício. Isto não quer dizer, naturalmente, que devemos destruir a estrutura de nossas vidas. Antes, quer dizer que devemos enriquecer nossas fontes interiores de fé, amor e morali­dade para condizer com a aparência exterior. Muito mais que aparência externa, carecemos de força moral, beleza, bondade e santidade. 14.2.2008

 

"Considero o meu coração como pólvora: a menor faísca de tentação pode incendiá-lo; por isso me esforço para conservá-lo sempre umedecido pelo orvalho do Espírito Santo." Robert Murray M'Cheyne. 14.2.2008

 

Livingstone dormira no Senhor. Ajoelhado ao lado da modesta cama, com a cabeça amparada pelas mãos repousadas no travesseiro. Os amigos, pensando que ele orava, esperaram inutilmente. Constatada a morte, abriram-lhe o peito e tiraram com cuidado e carinho o coração. O corpo iria para a In­glaterra, numa viagem que duraria um ano através da África. O coração, não! O coração que amara a África deveria ficar no Continente Negro. E ficou, en­terrado por mãos amigas, debaixo de uma árvore próxima à aldeia de Chitam­bo. No amor pleno, disposto ao sacrifício recíproco, está a chave para a solu­ção dos problemas sociais e raciais. 14.2.2008

 

Na Capela Keble do Colégio de Oxford, acha-se o original da pintura de Holman Hunt, intitulada "A Luz do Mundo". A que se encontra na Catedral de São Paulo, em Londres, ainda que lindíssima, é uma réplica daquela. Como é sabido, a pintura apresenta Cristo segurando uma lanterna e batendo numa porta fechada. Quando fui a Oxford, visitei a Capela. Não havia ali ninguém, senão o zelador. Bondosamente, ele me conduziu ao local, onde a pintura se achava guardada num estojo de madeira. Colocou-a na posição em que eu poderia contemplá-la em plena luz e, depois, abriu o estojo. Fiquei tão absorvido na contemplação da pintura, que esqueci que não estava só. Comecei a pensar e expressar, em voz alta, o que me ia no pensamento! "Então o trinco da porta está pelo lado de dentro!" E o zelador, que estava atrás de mim, acrescentou, incontinenti: "Sim, o senhor terá de permitir que Ele entre!" Que grande verdade! Para Cristo habitar em mim, Ele terá de entrar primeiro no meu coração. E eu preciso convidá-lo a entrar. Haverá alguma parte da minha vida, na qual Ele não foi admitido? H. Cecil Pavson (Inglaterra). 14.2.2008

 

Um arauto real rodou pelas ruas da aldeia, proclamando sua urgente mensagem: "Vem o rei! O rei virá amanhã a vossa aldeia. Preparai vossas ca­sas, pois ele almoçará com um de vós quando chegar". Grande foi a atividade que se seguiu. Varria-se aqui, esfregava-se ali, la­vava-se acolá, removia-se o pó, podavam-se as árvores, limpava-se o quintal, punha-se aqui e ali um adorno - e assim se passaram todo o dia e parte da noite. Certo homem, no entanto, não se uniu aos preparativos exteriores. "Melhor que isto é eu limpar meu coração", disse ele simplesmente. "Cuida­rei de que tudo esteja direito entre mim e meus semelhantes. Esta será a me­lhor maneira de me preparar para me encontrar com o rei." Segundo conta a história, o rei preferiu almoçar numa casa humilde, cujo único ornamento era uma rosa branca no parapeito da janela; e seu morador, um homem que não se preocupou com tantos preparativos. "Receio que os outros tenham procurado encobrir injustiça e maus sentimentos", justificou o rei, "mas este homem embelezou o coração. Almoçarei com ele." 25.2.2008

 

O poeta Thomas Shadwell expressa: “As palavras podem ser falsas e artificiosas. O idioma natural do coração são os suspiros”.  13.3.2008

 

O seu coração bate, não é porque te dá vontade de fazer ele bater. O seu coração bate por causa da vontade de Deus. 13.3.2008

 

O coração do homem bate em média 70 vezes por minuto. O coração da mulher bate um pouco mais acelerado. Editora Spcione “Nosso Corpo”. 14.3.2008

 

É com o coração que se vê corretamente; o essencial é invisível aos olhos. Saint-Expuéry. 14.3.2008

 

Os homens, por sua própria vontade, não se voltam para Deus, enquanto seus corações de pedra não são transformados em coraçoes de carne. João Calvino. 15.3.2008

 

Muito tempo antes de uma pessoa arruinar de maneira visível a sua vida, ela permitiu que seu coração se tornasse uma habitação para o pecado. 17.3.2008

 

Outro dia, numa segunda-feira, antes de ir para a escola, Ana Beatriz (5 anos) veio me mostrar uma canção que ela havia feito. Não me surpreendi, apenas fiquei grato ao Senhor, pois quando Ana nasceu, eu lhe dei o nome espiritual de Adoradora). Ela cantou um trechinho da canção que havia feito, que dizia: “Deus é bom, Ele puxa para dentro do meu coração”. Como eu não alcancei a profundidade do nível de visão teológica dela, perguntei o significado de “puxar” para dentro do coração. Então ela explicou: “Ué, Deus é bom, porque Ele puxa para dentro do nosso coração o amor, o perdão, a bondade...”, e outras coisas de que não lembro agora. 31.3.2008

 

Embora o coração humano tenha uma incli­nação para o pecado, ele se torna cada vez mais perverso com a tolerância ao pecado. Quanto mais a pessoa peca, mais corrom­pido torna-se o seu coração. Quanto mais corrompido ele fica, maior a escravidão do pecado. Steve Gallagher, em No Altar da Idolatria Sexual. 04.04.2008

 

E tem o coração idêntico ao Fox: Compacto pra quem vê, gigante pra quem ama !!! 27.10.2008

 

Num dia de verão, certo viajante vagava à procura de descanso e prazer, perto da foz de um grande rio. Chegando a hora que a maré estava baixa, ele viu uma esplêndida fonte de água cristalina, fresca e pura jorrando das rochas. Duas vezes ao dia a água salgada subia acima daquela linda fonte de água fresca, cobrindo-a totalmente. Mas quando a maré esgotava as suas forças e se retirava para as profundezas do oceano, da fonte brotava a água pura e cristalina novamente. Se o coração do homem for realmente uma fonte do amor de Cristo, ele há de fazer brotar do seu interior a água pura e cristalina, mesmo por entre as ondas da política, dos negócios e das atividades mais variadas. E possível que a maré da vida, com seus interesses, tente suplantar e engolfar a fonte, mas o mundo esgotará as suas forças e aqueles que trazem em seu coração a presença do Espírito Santo serão sempre vitoriosos. Reaparecerão com mãos puras, corações limpos, manifestando a mente de Cristo, com a consciência livre de ofensa a Deus e aos homens.  Katherine Bevis. 10.12.2008

 

Um coração ferido necessita de ar para respirar.  Frank Adams16.6.2009

 

Em 1948 Albert Einstein escreveu o seguinte:"o único verdadeiro problema de todos os tempos se encontra no coração do ser humano e nos seus pensamentos. Não se trata de um problema fisico, mas de um problema moral. É mais fácil modificar a composição do plutónio, que o espirito mau de uma pessoa. Não é o poder explosivo de uma bomba que nos assusta, mas o poder malévolo do coração humano, sua força explosiva para o que ´´e mau. Á sua maneira, o grande cientista está de acordo com o profeta Jeremias: "Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas..."Jeremias 17:9. Isaias também conhecia este diagnóstico pessimista de Einstein, Isaias 1:5-6.30.6.2009

 

Tenho um coração de pedra! Parece uma estátua falando!2.7.2009

 

A dona de casa falando com o açougueiro: - Quanto está o quilo da carne de segunda? - Quatro e oitenta e cinco! - Credo, que roubo! O senhor não tem coração? - Tenho sim, dona! quatro e cinqüenta!3.9.2009

 

John Maxwell, em As 21 indispensáveis qualidades de um líder (Mundo Cristão, 2000, p.18), conta a historinha de uma garotinha que no parque pediu ao pai que lhe comprasse algodão-doce. O volume do algodão-doce era grande. O pai então lhe perguntou: - Querida, tem certeza que pode comer tudo isso? - Não se preocupe, papai - ela respondeu - sou bem maior por dentro do que por fora. Caráter é isso: ser maior por dentro, ter grandeza interior.1.10.2009

 

Existe nos Estados Unidos um dia chamado "Tax Day" (Dia do Imposto) e sobre a obrigação de todos pagarem, nesta data, o Imposto de Renda, existe uma história bem humorada de alguém que chega a entrada de um hospital e encontra dois médicos trajados de branco, procurando algo junto a um canteiro de flores. Pergunta o homem aos médicos: "Desculpem-me, vocês perderam alguma coisa?" "Não," respondeu um dos médicos. "Nós estamos fazendo um transplante de coração para um agente do Imposto de Renda e queremos achar uma pedra apropriada." E a história termina com risos de todos. Deixando de lado os agentes da Receita Federal, temos constatado que muitas pessoas aqui neste mundo têm o coração duro como pedra. A vaidade, o egoísmo, a intransigência, a mesquinhez e muitos outros fatores têm contribuído para que tais pessoas se mostrem insensíveis e de difícil acesso. Provavelmente não gostam de ninguém, nem mesmo de si próprios. São pessoas frias, geralmente amargas, necessitadas de carinho e atenção mas sem permitir que outros se aproximem. Quando estas pessoas permitem uma pequena brecha, a luz do amor de Cristo penetra em seu interior e logo algo começa a acontecer. A frieza começa a se dissipar, a dureza aos poucos vai cedendo e aquele velho coração empedernido é retirado, sendo transplantado para o seu lugar um novo coração. O fulgor da presença do Senhor começa a ser refletido e a velha vida vazia e sem perspectiva se transforma em uma vida diferente, cheia de gozo e felicidade. Se você tem percebido que seu coração continua endurecido e ressente-se da falta de amor e calor humano, permita que o Senhor Jesus o visite. Sua vida será muito mais agradável e abençoada dali para a frente.2.10.2009